sexta-feira, 6 de julho de 2012

*

Não gosto de pessoas que vêm com falinhas mansas a tentar tirar "nabos da púcara"; não gosto (mesmo nada) de pessoas que usam a minha ingenuidade em seu proveito, para terem as informações que querem ou para confirmarem as suas desconfianças, e se fazem de desentendidas depois, como se não fosse nada com elas... 



Sem comentários:

Enviar um comentário