quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Fortes ...

Não, é claro que não! Às vezes podemos não ser  nada fortes. Às vezes até podemos chorar, desanimar, bater com as portas, gritar ou quase desistir... às vezes podemos até, cair e bater com a cara no chão, dar uma queda aparatosa daquelas que ninguém esquece; mas depois, com calma, acabamos por verificar que o melhor é levantar, enxugar as lágrimas, procurar alternativas e voltar à vida. Que, na verdade, desistir não é o caminho e que desatar aos gritos com tudo e todos não resolve as coisas. Temos que ser fortes sempre? não! Mas não devemos ser fracos NUNCA!

Sem comentários:

Enviar um comentário