quinta-feira, 20 de setembro de 2012

:(

Há pessoas que nos magoam muito com o que dizem e que fazem comentários muito infelizes. Dizem coisas injustas e que nenhum de nós merecia ouvir e, neste caso particular, eu menos ainda. O pior é que depois seguem por aí, como se nada fosse com elas e como se não tivessem feito nada de mal ... 
Hoje fiquei muito triste com uma pessoa por quem tinha alguma consideração. Não merecia a ingratidão das palavras que ouvi e fiquei bastante desiludida. Valeu-me o meu amor melhor do mundo e o meu filho lindo que me consolaram e limparam as lágrimas. 
Lamento muito que estas pessoas que só vêem o seu umbigo e que, quando não conseguem as coisas que querem e na altura que querem,  desatem a ofender toda a gente, indiscriminadamente, e digam coisas que nos magoam. Mas mais do que triste com as pessoas, e com as suas atitudes  (agora que já chorei e desabafei), eu fico é a perguntar-me como é que elas não têm vergonha de ser assim? como é que ficam bem com elas próprias depois de ofender os outros? e com que cara voltam a olhar para nós? Principalmente porque eu não tive culpa, não errei e não falhei em nada nem a ninguém, fui acusada injustamente e nem se dignaram a um pedido de desculpas.
Tenho muita pena. No fundo é este o sentimento que me resta, agora, por essas pessoas: pena! Deve ser bem triste ser assim. Deve ser bem triste serem detentoras de tamanha falta de educação, de tamanha ausência de civismo e de tão pouco carácter. Talvez por isso tenham tão poucos amigos e sejam tão pouco estimadas pelos outros... realmente, na vida, colhemos (muitas vezes) o que plantamos.




Sem comentários:

Enviar um comentário