sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Regresso às aulas ...


Difíceis para todos  (não vale a pena disfarçar e fingir que não) ... os regressos às aulas custam sempre a todos nós. Eu, por um lado, sinto imeeeeensas saudades dos meus alunos, mas tantas que vocês nem imaginam. Sinto saudades dos que já me acompanham há uns anos e uma enorme curiosidade em conhecer os novos meninos que chegam este ano. 

Mas, ainda assim, custa-me tanto este regresso às rotinas. Custa-me ter que deixar o sol, o mar e a minha praia. Custa-me ter que deixar os meus filhos, logo de manhã, na escola (habituada que estava a tê-los só para mim). 

Fico sempre, todos os anos, com o coração do tamanho de uma ervilha. Não há nada a fazer.

Mas agora há que arregaçar as mangas, deixar a nostalgia para trás e motivar, filhos e alunos, para o melhor dos recomeços e para o melhor de todos os inícios de aulas. 

Depois, daqui a uns dias, já mais instalados nas rotinas e já mais conformados (não há outro remédio também), estaremos prontos a apreciar melhor este novo ano, a vencer a saudade dos dias que ficaram para trás e a preparar-nos para o outono. 







Sem comentários:

Enviar um comentário