domingo, 14 de outubro de 2012

Baumgartner aterrou no solo sem contratempos


Baumgartner deverá saltar da cápsula transportada por um balão estratosférico após ultrapassar os 36.575 metros de altitude. Tudo correndo como previsto (se as condições atmosféricas permitirem), fará uma queda livre que o fará acelerar acima dos 1110 quilómetros por hora.
O escafandro do atleta está equipado com um conjunto de sensores médicos que enviarão para o solo os seus dados biométros que poderão ser úteis para a ciência.
Quando ultrapassou 113.740 pés de altitude, Baumgartner bateu o recorde de altitude atingida num balão tripulado.
Ao saltar, às 19.08, hora de Lisboa, Baumgartner bateu o recorde do salto livre.

Sem comentários:

Enviar um comentário