quarta-feira, 14 de novembro de 2012


Choro a ver filmes, por amor, por desgosto... choro quando vejo o teu esforço e a tua luta de todos os dias. Choro quando penso que podes não ser capaz de voltar à vida que tinhas. 









2 comentários: