quinta-feira, 6 de dezembro de 2012


Cá estamos para mais um dia ... ontem foi um dia cansativo. Todos os que me conhecem sabem o quanto adoro ensinar, explicar, estar com os meus alunos e o quanto a-do-ro matemática... mas confesso que ontem já não podia mais: foram 12 horas,  de muitas dúvidas e de muitos exercícios e também de muita motivação e exigência. Ontem foi um dia especialmente grande; com os testes de 12º ano à porta e os de 10º ano também adivinha-se que o resto da semana seja igualmente Graaaande! 
Mas a verdade é que também não sei viver de outro modo. Quem me tirar o Centro de Explicações, os meus alunos (estes filhos do coração de quem tanto gosto e a quem tanto tento ensinar - não só de matemática - mas de tudo um pouco e que lhes possa servir no futuro para serem mais felizes, mais realizados e preparados para a vida), quem me tirar a adrenalina, o stress e estas horas de trabalho e o convívio com estas minhas crianças... tira-me parte da minha vida! É que mesmo chegando a casa cansada, com a cabeça a pensar em números e probabilidades, retas e esferas, a verdade é que chego a casa feliz, mas mesmo muito feliz e, acima de tudo, realizada. E não há mãe, esposa, mulher e pessoa mais feliz do que aquela que se sente realizada, se sente completa e, acima de tudo, sente que faz algo que faz valer cada momento do seu cansaço! 

Bom dia! Bom dia! 


Sem comentários:

Enviar um comentário