segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Parte II


Dando seguimento a este post antigo, surge hoje este, dedicado a ti e aos teus sorrisos, à tua força (ainda que não pareças és forte... mais do que julgas!) e dedicado, acima de tudo, à tua maior qualidade: a tua humildade. É sempre tão bom quando chego a uma reunião de notas e, para além dos teus excelentes resultados, ouvir (e isto vale mais que as notas) o teu DT dizer: "O M. tem uma qualidade que muito admiro: é de uma humildade espectacular. Ele é bom, ele sabe que é bom mas não se põe em biquinhos dos pés... ele não se exibe, não se envaidece nem se evidencia ..." , claro que me dizem muitas outras coisas boas sobre ti mas esta é, sem dúvida, a que mais admiro. Como alguém disse: "ser humilde é ter a noção correcta das proporções", e tu tens meu filho ... e como! 
tens crescido tão rapidamente mas tão bem. Apoias-te na família, és dedicado a mim (tens-me um amor tão grande e tão puro que me comove), apoias-te nos amigos (que me dizes que queres que sejam poucos e bons embora te dês com toda a turma...)e tens um sentido de justiça muito mas muito esclarecido... tu, que foste um milagre, tu que estiveste morto na minha barriga e depois viveste, alegras os meus dias, fazes-me acreditar e ter fé, força, garra ... tu nunca me deixas desistir, tu nunca me deixas não acreditar, tu impulsionas-me e dizes: força mãe! Tu és a maior!!! E isso, em dias como hoje, vale tudo... absolutamente, tudo!!







Sem comentários:

Enviar um comentário