domingo, 16 de dezembro de 2012



Porque sou cada vez mais anti-social? 

Porque há dias em que me canso de algumas pessoas e das suas conversas descabidas, das suas perguntas sempre tão indesejadas quanto inoportunas.



Porque sou cada vez mais anti-social? 

Porque me irritam algumas pessoas e os seus rodeios e floreados, as suas tentativas de tentarem ser corretas disfarçada e forçosamente, as suas respostas pouco concretas e as suas "alfinetadas" inocentes. Porque também me desgastam as suas verdades (sempre muuuuuuito sinceras), as suas preocupações "reais", que não me dizem nada, porque reais reais são as dificuldades a sério, que se passam com pessoas a sério, com gente de verdade (essas que tanto amo, essas que me dizem muito, para quem tenho sempre tempo - porque o merecem!! - e para quem nunca, mas nunca serei anti-social). 

Porque cada vez mais me afasto das pessoas e fecho na minha concha?



Porque apenas me apetece dar o meu tempo a quem o merece, a quem vale a pena, a quem tem algo mais na cabeça (e no coração) que apenas vento ... 






1 comentário: