terça-feira, 22 de janeiro de 2013

detalhes...





...de uma chuva que cai ora lentamente ora de uma forma tão intensa que parece querer varrer a terra e tudo o que nela existe...

Sei que fazes falta, que preenches o ciclo da natureza, que sem ti não há vida... sei que precisamos de ti para que tudo renasça na altura certa e para que a vida siga o seu curso natural...

Mas que queres? ainda não me habituei a apreciar a verdadeira beleza de um dia cheio de ti... a minha natureza exaltada, ansiosa, demasiado carente de sol e calor ainda não sabe apreciar a pacatez, o sossego e a tranquilidade  que um dia cheio de ti nos traz...

Talvez quando eu aprender a sossegar...







3 comentários:

  1. Temos que aprender com o Pessoa que dizia que um dia de chuva tem tanta beleza como um dia de sol. Cada um à sua maneira!

    ResponderEliminar
  2. eu não gosto nada deste tempo, fico mal disposta e triste! Preciso de sol para a minha vida brilhar ;)

    ResponderEliminar
  3. Minha amiga, estou na fase do sossego e ainda não aprendi a gostar dela :)
    Obrigada pelo teu carinho e atenção.

    um beijinho terno

    ResponderEliminar