sexta-feira, 22 de março de 2013

Hoje foi um dia grande. Festejámos 18 anos juntos (13 de casamento), depois foi dia de ir a Coimbra, ao IPO, de novo, fiz mais uma série de exames e conheci o médico que cuidará de mim nos próximos tempos. Recebi a notícia que uma amiga (e ex-aluna) está muito mal e que não deve haver hipóteses para o seu caso (25 anos, como é possível?) e como senão bastasse a minha querida B. voltou a piorar! Há dias que são tão, mas tão complicados...  dias em que as notícias quando chegam são como socos no estômago que nos atiram ao tapete. 
Ponho-me no lugar destas mães e não consigo avaliar o tamanho da dor que sentem. Ponho-me no lugar das minhas meninas e não consigo imaginar o medo e a angústia que sentem ao verem os seus dias fugirem por entre os dedos...
Tento organizar as ideias e raciocinar mas as lágrimas não me deixam. 

Não estou preparada para nenhuma destas situações...



  

3 comentários:

  1. Ola,
    Primeiro muitos parabéns pelo aniversário de casamento.
    Segundo, nem sei muito bem o que dizer para confortar o teu coraçãozinho, este post tocou-me imenso.Queria deixar aqui o meu apoio e desejar muita força. Vamos ter fé que tudo correra da melhor maneira.Vamos ter esperança. Tudo de bom e pensamento positivo :)

    ResponderEliminar
  2. Acho que nunca se está preparada para estas situações, mas quando surgem por mais que doam vamos arranjar forças onde não sabemos que existiam. Desejo-te muita força, coragem e acredita sempre - vai-se resolver! A esperança é a última a partir.Um beijinho grande.

    ResponderEliminar
  3. Tens mais força e mais coragem que alguma vez imaginaste. Um abraço apertadinho!

    ResponderEliminar