terça-feira, 21 de maio de 2013

Bom Dia (ou assim-assim)



Não gosto quando me zango logo de manhã. Não gosto quando me falta o tempo, a paciência e a calma... não gosto quando digo palavras que ferem mais do que ensinam e não gosto de me sentir injusta, incoerente e triste com as minhas próprias atitudes. É como se me desviasse do caminho por mim traçado... como se abrisse um fosso entre o que sou, o que quero e aquilo que consigo. Queria prometer que vou ter mais calma comigo, mais tempo para todos e mais serenidade... queria prometer que hoje o dia seria mais tranquilo e que os sorrisos fáceis voltavam à minha vida e ao meu rosto... Mas o que eu queria mesmo, mas mesmo muito era poder apagar tudo e começar do zero. O que eu queria era não ter que prometer nada ... o que eu queria era que não fosse preciso prometer nada!!


7 comentários:

  1. Há dias assim... Em que nos falta a paciência e em que a disponibilidade para as coisas mais simples também parece faltar... Mas os dias são longos e até terminarem deixam-nos sempre tempo para corrigir algo menos bom que tenhamos feito. Sobretudo com aqueles que menos merecem lidar com o nosso mau humor... Tenho a certeza que o final do dia te (vos) trará um sorriso :)
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  2. Podes sempre pedir desculpa que ajuda =) Força!

    ResponderEliminar
  3. Todos temos dias e momentos assim e a isto se chama vida também. Hoje será um dia de sorrisos, vais ver.

    ResponderEliminar
  4. Como eu te compreendo, mas tem calma! *

    ResponderEliminar
  5. Acho que acontece a todos, o melhor é ter a capacidade de saber que erramos já é um passo adiante para se melhorar, bjos.

    ResponderEliminar
  6. é dias assim que nos põem à prova a fim de encarar o que realmente somos e se não estamos bem com o que tempos coragem para ser, são dias para crescer por dentro!

    ResponderEliminar