sábado, 1 de junho de 2013


Pelas crianças que fomos, pelas nossas e pela que nunca deixaremos morrer em nós, um feliz ...



2 comentários:

  1. E que a criança que temos dentro de nós, não tenha de nascer numa ambulância, a caminho da maternidade. xD

    ResponderEliminar
  2. Eu sou tão, mas tão infantil em algumas coisas...E sabes que mais: orgulho-me disso!

    ResponderEliminar