quinta-feira, 17 de outubro de 2013

I Care



Hoje o filho desabafou comigo uma situação que se passou na escola com os amigos ... como mãe fiquei logo apreensiva e preocupada. Mas ele valente e corajoso, desenrascado como só ele não só não se preocupou com o assunto como se concentrou nas outras coisas boas que tem e nos outros amigos que fez recentemente e lidou perfeitamente bem com toda a situação. A mim custa-me e não entendo a maldade e a inveja já tão instalada em crianças tão novinhas... fiquei, e vou-me deitar, com o coração pequenino e vai demorar a digerir a situação, mas por outro lado sinto um orgulho imenso na forma como ele lidou com o que se passou e como continua a viver feliz os seus dias. Sinto-me orgulhosa porque esta situação não melindrou a sua auto estima nem a sua alegria e, acima de tudo, não se deixa contaminar pela maldade dos outros. E ainda me diz: "mã não te preocupes, a sério, está tudo ok!" ... pois filho, eu gostava de não me preocupar tanto... gostar até gostava ... mas não consigo!!

My son I Love You so much.








8 comentários:

  1. Apesar de não ser mãe, entendo e reconheço que os filhos têm uma capacidade extraordinária de surpreender os pais e, acima de tudo, mostrar a cada passo quão crescidos estão a ficar. É sem dúvida um grande orgulho.

    Há alturas em que as crianças conseguem ser realmente maldosas mas também é aí que entra o trabalho dos pais na educação que passam aos filhos e, pelo que li, o seu filho demonstrou isso :).

    ResponderEliminar
  2. As crianças conseguem ser muito maldosas. Já fui criança e adolescente e por lá passei.
    Se ele conseguiu dar a volta por cima só tens mesmo que te orgulhar, é um rapaz forte!!!

    ResponderEliminar
  3. parabéns pelo filhote.
    Percebo a tua angustia, percebo tudo o que dizes, é o teu menino, embora haja coisas que só mesmo eles conseguem resolver.
    Não duvides, vai resolver-se e bem.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  4. É de facto impressionante a crueldade de algumas crianças... Eu sei bem o que isso é.
    Coração de mãe chora com o sofrimento das suas crias.

    ResponderEliminar
  5. Nós damos o nosso melhor enquanto mães e depois surgem destas coisas...que nos cortam o coração e fazem-nos sentir incapazes de...
    O facto de ele ter lidado bem com a situação acho que dá para tranquilizar um bocadinho mais a mãe. Vai tudo correr bem ;)
    Naná

    ResponderEliminar
  6. Ter um filho assim é mesmo um orgulho :)

    ResponderEliminar
  7. Não haja dúvida de que quando fazem mal aos nossos filhos, isso dói mais do que qualquer outra coisa. Sei por experiência própria. Bom fim de semana. Bjs

    ResponderEliminar
  8. Ai... os miúdos já com 3 anos (a idade do meu) começam a ter laivos de crueldade, quanto mais mais velhos... Já aconteceu por situações de "nada" eu ficar super aflita, nem imagino quando o meu filho for mais velho. Espero que ele tenha a atitude do teu :)

    ResponderEliminar