terça-feira, 19 de novembro de 2013

das pessoas que a vida me trouxe (e das pessoas que a vida me levou)


(E têm sido tantas) há uma que não esqueço dia nenhum e que me faz uma falta imensa. Partiu demasiado cedo. Partiu de modo inesperado e sem ter vivido tudo o que merecia. Deixou-me muito de si. Deu-nos muito de si enquanto esteve entre nós. Eu fui uma das pessoas abençoadas que teve a sorte de a conhecer pessoalmente, de a ensinar, de a ver crescer (na matemática e não só), de lhe ter enxugado tantas mas tantas lágrimas, de lhe ter dado colo nos momentos de maior angústia mas também de a ver sorrir feliz por cada meta alcançada e por cada dia conquistado. Passámos 3 anos juntas - tivemos o melhor e o pior- partilhámos sonhos, histórias de vida, rimos, chorámos, conversámos coisas sérias, enfrentámos juntas uma doença, admirei-a na sua dignidade e adorei-a ainda mais na sua fragilidade ...  deixaste-me tanto ... deste-me tanto. E pelo caminho, pelo meio da nossa vida, deste-me a tua amiga, minha outra aluna querida, para eu proteger e cuidar na tua ausência. Inês. A nossa Inês. A minha Inês. A minha Inês tão grande e, ao mesmo tempo, tão pequenina. Frágil e valente. Minha amiga que tanto me apoiou quando partiste e a quem tentei e tento nunca faltar, nem desiludir, nem falhar. Temos os anos que nos separam. Temos a distância física. Mas temos um coração e uma amizade que nos une. Temos todas as histórias. As recordações e as saudades. Este ano foi duro também para ti. Perdeste a tua melhor e maior amiga. Perdeste uma avó e enfrentaste a doença de outra. Quando o ano lectivo chegou ao fim sei que foi duro. Deixar os amigos, o colo da mãe e começar uma vida nova, numa cidade nova com novos amigos. Sei que muita coisa te prende aqui. Sinto-o nas mensagens que me mandas todos os dias e no abraço que me dás quando regressas à sexta-feira. Passei a gostar de sextas-feiras. Gosto especialmente das sextas-feiras em que regressas ao sítio onde foste feliz, só para me ver, para me abraçares, só para me dizeres "olá minha expli!"...   Nada acontece por acaso e ninguém entra na nossa vida por acaso e sem um motivo. Tu entraste e ficaste. Fazes parte da minha vida. Entraste pela porta da frente e moras na calor do meu abraço. 

O melhor do meu dia de hoje foste tu. Tu e aquela mensagem pela manhã, vinda de longe, cheia de smiles, só para que eu tivesse um bom dia. 









2 comentários: