segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Às vezes só precisamos desligar o complicómetro e deixar fluir...






5 comentários:

  1. a dificuldade está precisamente em desligar...

    ResponderEliminar
  2. Tantas vezes...mas muitas vezes custa-me um bocadinho...sobretudo em momentos de mairo tensão, que é quando dava mais jeito desligar!

    ResponderEliminar