terça-feira, 29 de abril de 2014

liberdade. tudo aquilo que não disse



Falou-se muito de Liberdade há uns dias e falou-se muito sobre o direito à Liberdade, sobre as vantagens da Liberdade e sobre a vontade de ser livre; fala-se muito também sobre o preço da Liberdade, sobre a falta de liberdade e sobre a capacidade de conseguirmos ser verdadeira e realmente livres ... 

independentemente de tudo a Liberdade não é um conceito: é um direito! E para se ser livre qualquer janela serve... porque na verdade, qualquer janela serve para voarmos e sermos livres, para sonhar de olhos abertos e imaginarmos o que quisermos (haverá maior liberdade que esta? haverá maior liberdade que a do pensamento, que é nosso e ninguém nos pode roubar?), quem é livre no pensamento nunca está, de facto, privado de liberdade! Eu posso estar aqui agora a escrever, sentada nesta esplanada, e quem me vê não sabe e não imagina que na verdade não estou mesmo aqui, que estou longe, muito longe... tão longe quanto me permite o meu pensamento - que é livre - tão longe que posso estar a recordar outros tempos, a ouvir outras vozes, a viver outras vidas e a acrescentá-las de um tempo que é só meu... 

Ser livre é ter uma janela só nossa, por onde podemos entrar e sair sempre que nos apeteça (qual Peter Pan sempre pronto a voar) e essa janela que é nossa, e nos permite voar, sair e sonhar a qualquer hora, é para mim o maior dom da Liberdade ... e por mais amarras que nos coloquem, por mais cadeados que tentem colocar na nossa janela, nenhum é tão forte que nos consiga impedir de sermos livres e de irmos até onde os nossos sonhos nos levarem!



3 comentários:

  1. A liberdade é tão relativa... Conheci pessoas que apregoavam ao vento que eram livres e afinal estavam mais presos do que eu. :)
    muah*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é mesmo Magda ... concordo em absoluto contigo ... conheço tanta gente assim...

      Eliminar
  2. Tens toda a razão, temos de lutar e acreditar sempre.

    ResponderEliminar