domingo, 11 de maio de 2014

sobre o dia de ontem



Há dias em que isto é tudo o que preciso: parar, respirar, acalmar. Uma espécie de "meditação-em-modo-caseiro" mas que, por vezes, é o suficiente para eliminar os estragos de um dia difícil e "pesado"... dia este que acaba por ser o resumo de uma semana que foi igualmente difícil e densa, que me exigiu doses maciças de calma, de concentração, de "inspira-expira", de "vamos relativizar"... 

Como se ultrapassam estes dias (que começam cedo e terminam tarde - muito tarde) e como se consegue chegar ao fim com energia suficiente para começar tudo de novo no dia seguinte? Com amor, com determinação (e foco no essencial) e com o apoio genuíno e sincero de todos aqueles que estão comigo diariamente, que gostam de mim, que me amparam nas quedas, que me estendem a mão para atravessar a tempestade e que me mostram que, no final de cada dia mau vem sempre um dia bom! Basta para isso não desistir. Basta para isso acreditar! 

Há dias difíceis? Há! Semanas complicadas?! Também!! Mas o amor e a paixão pelo que faço (pelo meu trabalho e pelas pessoas melhores do mundo que estão comigo nesta minha sala-lilás) fazem com que no dia seguinte seja fácil (re)começar... de novo!


Photo: Há dias em que isto é tudo o que preciso: parar, respirar, acalmar. Uma espécie de "meditação-em-modo-caseiro" mas que, por vezes, é o suficiente para eliminar os estragos de um dia difícil e "pesado"... dia este que acaba por ser o resumo de uma semana que foi igualmente difícil e densa, que me exigiu doses maciças de calma, de concentração, de "inspira-expira", de "vamos relativizar"... 
Como se ultrapassam estes dias (que começam cedo e terminam tarde - muito tarde) e como se consegue chegar ao fim com energia suficiente para começar tudo de novo no dia seguinte? Com amor, com determinação (e foco no essencial) e com o apoio genuíno e sincero de todos aqueles que estão comigo diariamente, que gostam de mim, que me amparam nas quedas, que me estendem a mão para atravessar a tempestade e que me mostram que, no final de cada dia mau vem sempre um dia bom! Basta para isso não desistir. Basta para isso acreditar! 
Há dias difíceis? Há! Semanas complicadas?! Também!! Mas o amor e a paixão pelo que faço (pelo meu trabalho e pelas pessoas melhores do mundo que estão comigo nesta minha sala-lilás) fazem com que no dia seguinte seja fácil (re)começar... de novo!

<3



Podem seguir também aqui 


4 comentários:

  1. Gostei muito do blog, já estou a seguir. Bom domingo.

    ResponderEliminar
  2. E assim vamos (sobre)vivendo...

    Boa/melhor semana. Beijinho.

    ResponderEliminar
  3. Revejo-me nas tuas palavras, sem dúvida!

    ResponderEliminar