quinta-feira, 6 de novembro de 2014



«(...) já me desiludi muito com algumas pessoas que passaram pela minha vida e, claro, quanto maior a proximidade, maior a decepção. Não sei se é defeito ou se é feitio, mas, apesar de aprender sempre qualquer coisa com estas pequenas quedas, não desisto de acreditar que, à partida, todas as pessoas são boas. »

Mesmo quando as pessoas são dissimuladas, mesmo quando vêm com meias palavras ou meias verdades escondendo os verdadeiros motivos das suas atitudes, mesmo quando fingem gostar ou tentam iludir-nos com gestos que na verdade apenas as mantêm iludidas a elas mesmas, mesmo nestes casos, eu acredito e vou continuar a acreditar que todas as pessoas são boas, que todas têm um bom coração e que há sempre, dentro de todos os seres humanos algo de bom e valioso (ainda que em algumas isso esteja tão mas tão escondido...) 

Bom dia 




3 comentários:

  1. Sou como tu e saiu sempre desiludida

    ResponderEliminar
  2. Tens toda a razão. Por isso e muito mais, deixei de ter expectativas há algum tempo...

    ResponderEliminar