sexta-feira, 23 de janeiro de 2015



Seja qual for o caminho, sei sempre para onde vou, sei sempre o que procuro. Pelo trajecto encontro sempre gente nova, almas gémeas outras nem tanto, recebo sempre muito e dou igualmente porque cada um tem uma missão na vida e um propósito que define quem é ou quem quer ser, e o meu é ser feliz na alegria e no sorriso dos outros, na medida certa daquilo que dou e partilho. Por isso há verdades que carrego todos os dias comigo e certezas absolutas que repito a mim mesma quando os dias se avizinham cinzentos: "a vida dá-nos sempre o que mais precisamos mesmo, mesmo antes de nos dar tudo o que mais queremos" ...
E em dias como hoje, em momentos de ansiosa incerteza, acredito que é na fé inabalável que me trouxe até aqui e que nunca me deixou vacilar, que encontro a luz e a inspiração para seguir este novo caminho que se abre à minha frente e ser a criadora destes ventos de mudança que trarão à nossa vida aquilo que tanto desejámos ...







2 comentários: