sábado, 21 de março de 2015

*




Daqui a pouco toda a minha casa acorda e começa a minha rotina. Hoje uma rotina diferente, com mochilas, peregrinação de escuteiros e pernoitar fora de casa... É verdade que tomamos o pequeno-almoço juntos e ainda conversamos (mas hoje muito rapidamente) sobre o dia que se segue, para depois todos se despacharem e a correr cada um seguir o seu destino. Custa-me ficar sem eles... Custa-me ter a casa vazia sem aquele barulho macio que me aconchega o peito... Mas sei que adoram ser escuteiros, sei que aquele espírito de união, de camaradagem, de amizade sincera os une e os torna mais e melhores...
Ainda ninguém acordou...andam estafados com os testes e com o final de um período, que embora pequeno nos cansou a todos... Ainda há sossego pela casa, só o Artur se aproximou para pedir a dose diária de colo e mimo... Estamos só os dois e tenho a casa em silêncio durante mais uns minutos e é quanto basta. Aproveito este silêncio para ir além daquilo que vejo e paro para olhar em redor, para ver... para reparar. Olho para a lista de objetivos que tenho para este mês e para os seguintes... Planos, listas, coisas que quero fazer e fazer acontecer. Olho e respiro fundo... Não porque me sinta cansada mas porque anseio pôr poder colocar em prática todos estes sonhos e projetos... Sei que sou feliz por saber para onde quero ir, por conhecer o meu norte e ter ao meu lado aquela estrela guia que sempre me acompanha e protege... Sei que sou feliz porque sei quem sou e sou livre e isso não tem preço... Hoje levantei-me ainda mais cedo e terminei o que comecei ontem... Terminei de plantar as minhas árvores novas e as minhas plantas num modo singelo de dar as boas vindas à Primavera e retribuir à Natureza tudo o que me dá, e que linda está a minha varanda ...


Bom dia, sê bem vinda minha primavera e que sejas tão feliz por cá, entre nós, como eu sou por te ter por aqui ...








1 comentário: