quinta-feira, 9 de abril de 2015


Quando me perguntam a minha religião respondo sempre que não sei ... A minha religião não tem um nome, não tem um rosto, uma força ou um dom especial ... A minha religião é aquela que fala de fraternidade, que professa a luz e o dom do entendimento entre todos, que conjuga as forças da natureza, que respeita os ciclos da mãe terra... A minha religião é aquela que me faz acreditar que faço parte de um plano maior que eu, que há uma mão invisível que me guia, me ampara e conduz ... Que nunca me deixa cair desamparada mas que me dá a hipótese de escolher a vida que quero ter, que me ensina a ser responsável pelas minhas escolhas e decisões e me faz ter fé e dá esperança mas também me dá espaço para entender que há coisas que não vou conseguir mudar ... Que nem tudo depende de mim, que a vida tem planos para mim e que eu devo aprender a respeitar esses planos e esses momentos deixando que a vida se cumpra em mim ... Esta é a minha religião e a minha crença. Aquela que tem no centro o dom da vida e se baseia no amor ... No respeito ... Na capacidade de olhar para o meu semelhante e ver um irmão...

4 comentários:

  1. Gosto dessa religião, é bela, muito bela!

    Bom dia

    ResponderEliminar
  2. Hey!! quantoo tempo... a muito tempo eu escrevia em meu blog e sempre acompanhava e comentava o seu... Fazia tempo que eu não o fazia.. Agora tenho uma novidade, vou visitar em JUnho sua pátria. Sairei aqui do brasil e irei para Portugal passar um mes...Gostaria de saber por onde andas, e quem sabe tomar um café! uhahua beijinhos

    ResponderEliminar