quarta-feira, 24 de junho de 2015


Na vida é preciso saber preservar os nossos medos e saber escolher as lutas que queremos travar. Ter esperança é tentar muitas e muitas vezes! É moldar os recomeços, é moldar a nossa vontade à vontade dos dias, é dar a mão e apoiar os sonhos, ampliar o conhecimento, partilhá-lo, doá-lo, estar sempre presente mesmo sem garantias de retorno. Viver é um risco... e são estes riscos que corremos que nos lembram - todos os dias - que ainda estamos vivos.
Por isso, e perante as dificuldades que me põe à prova, eu penso sempre: 


"Se a vida não achar um caminho, eu faço um "





1 comentário: