sábado, 8 de agosto de 2015

onde fores feliz... fica!




Na vertigem dos dias, encontrar um instante para parar, para contemplar o voo de uma borboleta ou a lentidão de um caracol. Às vezes isso é tudo quanto basta para serenar o coração e apurar o olhar. Ver  é outra coisa... o que nós  precisamos mesmo é aprender a olhar...






1 comentário: