quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Palavras para uma amiga (no fundo para todos nós)...




Hoje é mais uma página em branco que deves encher de tudo o que tens e nunca daquilo que ainda te falta ... És uma pessoa tão bonita que só por si mesma já enches os dias ... Quando sorris, quando cantas, quando passas (tu não vês) mas tudo à tua volta brilha ... Os teus caminhos são feitos da mesma incerteza e das mesmas dúvidas e anseios que os caminhos de todos nós ... Algures já ai estive onde estás ... Já senti o que sentes ... Por isso vivemos em construção e cada dia caminhamos procurando encontrar tudo o que ainda falta! E faltará sempre. É um caminho que nunca termina. 
Pessoas como nós, feitas de sentimentos e de pensamentos, têm sempre dúvidas e anseios e buscam incansavelmente a razão maior das coisas, buscamos um sentido real para a felicidade que nos transforma os dias porque nada do que é efémero nos chegará nunca para saciar a simples vontade de existir ... por isso hoje, agarra na tua página em branco e enche-a de luz e cor. Acrescenta-lhe pessoas e lugares (reais ou sonhados), acresce-lhe vida e sentido, não a deixes à espera. As páginas dos nossos dias têm a cor que lhes quiseres dar ... se ao menos tu te pudesses ver com os mesmos olhos com que eu (e todos os outros te vêem) saberias o quanto és especial, o quanto vales tudo e tens tanto.






1 comentário: