quinta-feira, 19 de novembro de 2015

A noite vai longa ... o trabalho acumula-se na mesa e a vontade não acompanha ... há dias longos, intermináveis e difíceis e hoje, especialmente, não foi um dia fácil... hoje senti mais (ainda) a vossa falta, o dia foi grande e custou a passar ... há dias assim, em que me apetecia ir buscar-vos mais cedo à escola, roubar-vos aos TPC's e às vossas obrigações e ter-vos só para mim.

Penso em ir dormir ... talvez seja melhor. O trabalho não apetece e o estudo também não. Acabo de passar pelos vossos quartos e aconcheguei-vos a roupa... os anos passam, vocês crescem mas eu ainda não consigo ir dormir sem vos ir ver uma última vez e sem vos dar também um último beijo. Respiro o calor quente das vossas bochechas e suspiro que vos adoro, que daria a vida por vocês. A pequenina sorri e diz qualquer coisa que não entendo e o mais velho agarra-me a mão e diz "eu também" numa voz abafada pelo sono...

basta-me por hoje ...

2 comentários: