quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

confia




1 comentário:

  1. Espero nunca vir a saber o que ela e tantas outras pessoas estão a passar.

    ResponderEliminar