sexta-feira, 15 de abril de 2016

Etapa 6: Padrón a Santiago de Compostela


Arrancámos cedo. Muito cedo. Eram 5:10 da manhã e já íamos a caminho. O que me sobrava em força e alegria por saber que daqui a umas horas estaria em Santiago faltava-me, nesse dia, em resistência física. As dores na perna direita estavam difíceis e ameaçavam a minha caminhada. A dada altura senti-me frágil e coloquei em causa se conseguia fazer os 25 km e chegar a Santiago. Valeu-me o amor de quem caminhava comigo, a sua confiança cega em mim e a sua mão na minha, ao longo desta etapa! Depois de 2h a caminhar pela floresta, totalmente às escuras, ouvindo de um lado o rio e do outro os barulhos típicos da bicharada que acorda cedo, o dia começou também a levantar-se! Havia nuvens escuras e ameaçava chover, estava frio e tudo parecia conspirar contra mim. Decidi parar num café, selar a credencial, beber um chá e tomar um comprimido para as dores! Aos poucos acalmei a ansiedade, tranquilizei em mim todos os receios que tinha de não conseguir chegar e pouco tempo depois fiz-me ao caminho! Passado algum tempo as dores cederam, a minha energia voltou e (re)iniciei com uma alegria imensa a minha caminhada. Nesse momento senti que nada me impediria de chegar e que tudo em mim era força e vontade! 

Foi uma etapa que começou difícil e com um céu cinzento a ameaçar chuva mas que, depressa, se transformou numa etapa lindíssima, que passou por locais espectaculares, onde me cruzei com pessoas maravilhosas e que carregavam consigo o mesmo sorriso e o mesmo sentimento que eu! 
smile emoticon

Ao longo do caminho confirmei as minhas certezas, renovei as minhas crenças e apostei tudo na alegria que sentia por estar a conseguir chegar ao fim! Quando avistei, ao longe, os pináculos da catedral o céu tinha clareado e substituído o tom cinzento por um mais azul, e quando finalmente entrei em Santiago (pelas 11:30h do dia 23 de Março), o sol brilhava intensamente enchendo de luz este dia que marcará para sempre o início de uma nova vida!














1 comentário:

  1. Deve ter sido mesmo uma sensação maravilhosa. Parabéns por mais uma conquista :)

    ResponderEliminar