quarta-feira, 4 de maio de 2016

As manhãs têm sido difíceis de gerir. Deito-me tarde, acordo cedo, preparo o pequeno-almoço a correr e sem a calma e o cuidado que gosto e tenho trabalhado mais horas do que devo. Não que não esteja feliz com a vida que tenho (estou. muito. feliz e grata) mas às vezes precisava de mais tempo para mim. Precisava de mudar a ordem dos meus dias, de definir certas prioridades, de me organizar e de fazer algo mais que apenas preparar trabalho, fichas e horários. 

Mas enquanto esses dias não chegam vou namorando uns pequenos-almoços e procurando inspiração para dias maiores.






2 comentários: