quarta-feira, 28 de setembro de 2016


28 de Setembro de 2004

12 anos. 

Não me vou repetir como a vida mudou com o teu nascimento, porque parece-me óbvio que nesse dia houve 2 partos, o teu e o meu. 

Quando achava que não havia mais espaço no meu coração para amar outra pessoa como já amava o teu irmão, eis que a vida me ensinou a maior de todas as lições: o coração de uma mãe é elástico e estica e continua a esticar todos os dias.
Faz hoje 12 anos que a minha vida ficou ainda melhor. Mais completa. Mais rica.
Faz hoje 12 anos que o meu coração, que afinal era elástico e eu não sabia, voltou a esticar para acolher mais um grande grande amor. 
Faz hoje 12 anos que chorei quando te vi pela primeira vez: tão perfeita, tão linda e tão minha!

Faz hoje exactamente 12 anos que eu quis que o mundo parasse de girar e o tempo congelasse só para ficar ali, sozinha contigo, a viver e a saborear aquele momento tão nosso, num egoísmo só meu de quem não queria ter que te partilhar com mais ninguém!!

Já passaram 12 anos desde o dia em que tu nasceste e em voltei a sentir, como se da primeira vez se tratasse, aquele espanto e aquela emoção por voltar a apaixonar-me assim, violenta e perdidamente.


1 comentário: