quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Do primeiro de Janeiro até hoje (tempo de fazer balanços):
Ser feliz, ser grata, ser mesmo muito mas muito grata ... por hoje, por sempre, por cada vitória, por cada conquista .... por ter chegado (sem ajudas) onde cheguei, por ter conquistado com empenho, força e dedicação um lugar só meu e acima de tudo por ter vencido onde outros falharam ...
Recordar todos os dias esta máxima: a vida deixa-nos sempre escolher o que, em cada dia, queremos plantar! Mas não devemos esquecer que sendo livres para plantar o que quisermos também só colheremos depois exatamente aquilo que plantámos! 
E é mesmo isso: cada um recolhe, a cada dia, o fruto justo daquilo que plantou!!


(algures nos Açores. dezembro.2015.)








1 comentário:

  1. Tão verdade. Por cá usa-se muito a expressão "cada um deita-se na cama que fez", que vai dar ao mesmo.

    ResponderEliminar