domingo, 20 de novembro de 2016

Hoje, é daqueles dias em que quando se abre a janela, já se tem a certeza de abrir o Coração. A certeza de como a árvore se desapega da folha e a deixa cair, também a mente se desapega dos pensamentos e os deixa partir. Hoje, só há uma janela aberta, o vento que se enrosca, a chuva que cai. E o coração. Sempre o nosso Coração: aberto e pronto para mais um dia 



1 comentário: