terça-feira, 13 de dezembro de 2016

*Coimbra

Acredito que a vida é uma dádiva assim como é uma dádiva o facto de nos ser dado, a cada manhã, a possibilidade de poder começar tudo de novo.
Acredito que são as coisas boas que nos movem e que a esperança que renasce a cada dia em nós é mais que suficiente para darmos, aos que nos rodeiam, o melhor de nós.
Acredito que mesmo que lá fora o dia esteja cinzento, o sol pode brilhar, que mesmo num dia triste há a esperança de poderes ser feliz, do mesmo modo que, mesmo que as folhas caiam, uma árvore nunca deixará de ser uma árvore nem perderá a sua beleza.

* e esta luz 
* e esta música

2 comentários: