segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

hello monday

Arrancamos mais uma segunda-feira a dever largas horas à cama e ao descanso. O fim-de-semana passou muito rápido e não deu para nada. Falhei em todos os planos que tinha feito para me organizar e organizar o trabalho que tinha em mãos. Assim, começo esta segunda-feira com a sensação de dever não cumprido e o peso na consciência de que poderia ter feito mais ou pelo menos melhor. 
Espera-me então uma grande e loooonga semana, testes dos alunos, dos filhos, imensas fichas de trabalho para organizar para os meus alunos, muitas horas de trabalho pela frente e infindáveis trabalhos da faculdade (meus) pendentes e em atraso. Tenho todos os dias a sensação de que o tempo me foge das mãos e de que mal chega para metade do que preciso. Os dias voam, parecem-me apenas um par de horas e como se não bastasse, no final do dia de hoje, ainda tenho que correr para o dentista para colocar o aparelho nos dentes da pequena Maria, rezar para que não haja atrasos e para que tudo corra bem logo à primeira e chegar a horas do Karaté do mais velho. Em menos de nada são horas de jantar e vem-me aquele sentimento de que o dia voltou a passar muito depressa, depressa demais. (são tão giras as segundas-feiras, não são?). 



Sem comentários:

Enviar um comentário