terça-feira, 11 de julho de 2017

🖤 *Às vezes sinto que a vida nos exige demais


Aos poucos vimos as pessoas que gostamos tentar voltar à vida ... acolher a realidade ... aprender a viver estes novos dias. Admiro-os à distância. Aos poucos vejo-os tentar recolher os pedaços que sobraram das suas vidas e pergunto-me onde arranjarão forças ... como separarão o dia da noite a partir daqui? Como distinguirão o início do fim, se ao verem partir quem mais amam a vida ficou sem sentido e os dias todos lhes parecerão iguais? 


Olho-os em silêncio. Sento-me no sofá da sala e observo-os. Com imenso respeito. É tão digna a dor quando nos fala de amor. É tão intensa a dor quando o adeus é para sempre.
*[Às vezes sinto que a vida nos exige demais]












1 comentário:

  1. Infelizmente a vida é mesmo assim, só acaba para quem morre, nós que cá vamos ficando arranjamos sempre uma forma de seguir em frente, é a lei da vida, não é justa mas é o que temos...

    ResponderEliminar