quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Dizem que com o tempo tudo passa. Que o tempo cura tudo, as maiores dores e as mais duras saudades. Não creio que seja absolutamente verdade. Do que tenho por experiência há dores que nunca passarão, há pessoas que nunca esqueceremos e há saudades que serão incontornáveis e que jamais deixaremos de sentir. Podem atenuar-se com o tempo, pode até haver alguns momentos em que na corrida do dia-a-dia nos "esquecemos" temporariamente e sentimos que "adormecemos" a dor mas, passar, assim completamente, não passa. Atenua, mas não passa. Há, por isso, dores que para mim serão eternas e saudades que sentirei até ao último dos meus dias e pessoas de quem sentirei a falta permanentemente.



unsplash


1 comentário:

  1. Concordo tanto com isto. Penso que muito poucas pessoas que nos tenham marcado de forma clara "passem". Aprendemos a mitigar o desespero e a viver com a dor da perda!

    ResponderEliminar