terça-feira, 8 de maio de 2018

*Setúbal









A par com o mar do meu querido sul, que tanto gosto e que registo todos os Verões aqui, este mar azul da Arrábida. 
Num destes fins-de-semana com feriados pelo meio voltámos ali e fomos redescobrir Setúbal. Quem não conhece arrisque uma escapadinha de 3 dias e vá, sem medo à descoberta deste pedaço de Portugal. Há muito para ver e sítios bonitos para sentar e beber um Moscatel de Setúbal (experimentem o roxo na Casa da Baía ou aqui), muito verde para respirar e as bonitas praias recortadas pela serra da Arrábida: Figueirinha, Galapos e Galapinhos e a lindíssima praia dos Coelhos. Volte as vezes que voltar nunca deixo de me sentir encantada com todo aquele azul em perfeita sintonia com o verde daquele mar. O primeiro impacto é sempre esse. Quem nunca esteve, chega e encanta-se e quem volta torna a encantar-se e a apaixonar-se como da primeira vez... depois suba a serra e vá até ao Portinho da Arrábida, veja o pôr do sol e jante no Farol (o espaço é muito simples, o peixe muito fresco e a vista faz o resto). Não seria justa se, em termos de restauração, não mencionasse o meu lugar preferido da cidade para almoçar ou jantar - o Miguel - (com o melhor peixe e choco frito da cidade, um marisco irrepreensível e um atendimento ímpar). Volto sempre. Por muitos motivos. O maior deles é a honestidade de tudo o que ali se come. Passeie pelo Jardim da Beira Mar e depois vá  até ao Forte de S. Filipe e beba um café na esplanada com melhor vista sobre a Baía do Sado.
Ou então vá até à Doca de Recreios das Fontainhas localizada na zona oeste da cidade e que alberga também o cais dos ferries que fazem o transporte para península de Tróia e vá em descoberta de uma das principais maravilhas de Portugal. Os ferries podem transportar passageiros (com bicicletas) e automóveis e a viagem demora cerca de 30 minutos (os bilhetes compram-se junto ao embarque). 

As coisas boas e os melhores locais só ganham valor se os partilharmos ... as experiências... essas o melhor é ir e vivê-las. Deixo as fotos. Valem por si.
   

* (sobre voltar sempre aos lugares onde somos felizes)




1 comentário: